Conselho Estadual LGBTT-GO repudia comentário de juiz goiano

gay-marriage_2173326b

O Conselho Estadual de Políticas Públicas para a População Lésbica, Gay, Bissexual, Travesti e Transexual de Goiás (COELLGBTT-GO) presidido pelo Pastor Edson Santana, repudia o comentário do Senhor Juiz de Direito Platão E. Ribeiro, da cidade de Anápolis-GO, feito em uma rede social na tarde da última terça-feira, 12, que ao comentar uma imagem sobre a notícia que a Câmara dos Deputados Uruguaios aprovou o matrimônio gay mencionou:

“A chamada realidade não passa de uma aberração. Desses matrimônios nascerão cocôs, pois serão concebidos pela saída do esgoto”.

Abaixo o comentário infeliz:

68799_4627351213195_803240660_n

Tais comentários vindos da ordem de um magistrado ferem o princípio constitucional de Laicidade do Estado de um dos poderes que mais tem contribuído para os avanços dos Direitos Civis da população LGBTT.

Na reunião mensal do Conselho LGBTT-GO que aconteceu na manhã de ontem, 13, no Centro de Referência da Igualdade, os conselheiros deliberaram por unanimidade uma nota de desagravo à postura do juiz Platão E. Ribeiro e reiteram ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, providências no sentido das sanções disciplinares ao magistrado citado, bem como ações educativas aos operadores do direito, no sentido de garantir um judiciário que respeite a diversidade.

Diogo Teixeira

Uma resposta para “Conselho Estadual LGBTT-GO repudia comentário de juiz goiano

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s