Depressão de Domingo: Sim ela existe.

Domingo… dia de se preparar para a chegada da tão esperada segunda-feira (esperada?), de ver as “boas” programações na Tv (se for a cabo…).

Domingo… dia de depressão! O Famoso DDD ( Depressão De Domingo) existe, e há quem fique enclausurado em casa, assim… meio “down”, vendo aquele filme que pegou na locadora e comendo algo que buscou na geladeira. E mesmo já sabendo o que existe dentro da magnífica geladeira, esse vício se torna mais frequente aos domingos: A pessoa se levanta do sofá… abre a geladeira, fecha… volta ao sofá. Levanta novamente… (quem sabe não apareceu algo na geladeira de uma hora pra outra?!)

Sair da cama? Pra que? Se perde o dia todo, quando acorda já são quase 2 da tarde, e o que você produziu? Algumas babas no lençol, uma dor de cabeça terrível, ou seja, NADA!

Então começa a querer se lembrar do que fez na na noite anterior: “Humm… o que será que eu fiz mesmo?” Pronto, a tal da amenésia começa a rondar você! E para melhorar ainda mais: Você nao fez nada, nao se lembra de nada, está com dor de cabeça e… ao olhar para o lado, vê um ” corpo” na sua cama. Pronto… desespero. Ao menos você se lembra do nome da pessoa que está ali dormindo? Hummm… situação complicada, não é mesmo?

Ao se olhar no espelho, sua cara denuncia tudo: Você precisa de um bom (e demorado banho), tem fome mas tem preguiça de sair, e tem mais preguiça ainda em pensar que você mesmo tem que cozinhar! Então você grita : “PARA O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!”

Você olha novamente a sua volta, sua cama está tão chamativa… parece que é a única que te entende. Os celulares? (sim, certeza que você tem mais de um) desligados… ou deixa chamar, chamar, chamar…e depois você fala: “Eu não vi tocar. Estava no silencioso”.

Então, você volta para a sua cama e espera ansioso a segunda-feira chegar. O dia já acabou para você mesmo, então pra que lutar em prol de fazer um Domingo alegre, colorido… você quer é mesmo tomar o chá de sumiço, quer que o dia passe ligeiro.

Domingo realmente é o dia de ficar em casa. Concordam!?

Rafael Vargas

5 comentários

  1. Ótimo texto rapaz!

    Hoje, domingo, sofri EXATAMENTE de TODOS os sintomas descritos no teu maravilhoso texto.

    Acordei, nada pra fazer, vamos ver TV, tenho TV a cabo (UFAAAAA). Assisti um filme, pensei em almoçar, sair pra comer? aff nem a pau. Vamos esquentar um resto de pizza que tem aqui. (humm delicia!).

    Logo após, outro filme! Caramba minha bunda ta doendo de ficar sentado/deitado no sofá!

    E como se não bastasse, acabo de ouvir na Globo aquela parada de dança dos famosos. Meu, como cura essa depressão!?kkk

    Gostei do teu blog, ganhou um leitor.
    Se tiver um tempinho, dá uma passada no meu:
    http://www.homeroffice.wordpress.com

    Abraços,
    Gabriel.

  2. Nossa Rafael… rs…você retratou fielmente o q eu sinto aos domingos…achei que era só comigo…kkk. Parabéns pelo texto. Abração

  3. Ai amigo, realmente domingo é phoda e com ph ácido, certamente.
    E nos canais de TV, mesmo a cabo, nada que preste está passando. Graças a Deus, o homem inventou a internet, então podemos baixar um seriado mara, conversar cuas amique, e acredite, domingo tem salvação!
    Basta vc estar com as amique, um sonzinho legal, uma breja gelada e toda a depressão de domingo vira alegria, a gente adia ela pra segunda-feira, que é um dia chato mesmo.
    Vai trabalhar com a cara inchada, com os olhos vermelhos, e aquele sono o dia todo, hehehe
    Mas isso é viver, né?
    Adorei o texto e achei super reflexivo!
    Bjo

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s